O escritor Luiz Ruffato estará no Festival da Mantiqueira 2015 em Abril

Literatura – Canal Aberto – Livros Lançamentos

Fonte: http://www.ovale.com.br/viver/um-cantinho-aconchegante-1.578967

Por Filipe Manoukian


O Festival da Mantiqueira deste ano, que ocorre entre os dias 10 e 12 de abril, quer entender a realidade brasileira de hoje por meio da literatura.

Para tanto, Ruffato, escritor dos mais requisitados para eventos literários nos últimos anos no Brasil e também fora daqui, vai reunir no evento um time de escritores de tirar o fôlego. Juntos, autores desconhecidos e aclamados. Em comum, a leitura fiel que fazem do Brasil.

“Vamos discutir a diversidade da unidade. A unidade é a língua. A diversidade é a nossa literatura espalhada por todas as regiões do Brasil”, explicou ele a O VALE, durante bate-papo por telefone.

Sob o tema “Todos os Cantos”, escolhido por ele mesmo, Ruffato estreia como curador na edição deste ano do Festival da Mantiqueira. “Em todos os trabalhos que faço, tento criar um conceito. Nas antologias que organizei, sempre tive um tema para nortear”.

“‘Todos os Cantos’ é um tema no sentido literário e geográfico. Fui buscar, intencionalmente, autores de todas as regiões do Brasil”, disse.

Para tornar a discussão mais ampla, o leque se abriu, ainda, para a questão temporal. “O desafio, também, é fazer com que a discussão não fique só no ‘onde’, mas também no ‘tempo’. Por isso, em cada mesa vamos reunir três autores de três gerações diferentes.”

Dessa forma, na visão de Ruffato, o distrito de São Francisco Xavier pode se tornar, em abril, o embrião de um debate muito mais amplo.

“Quero pautar a discussão a respeito disso (a literatura como um registro da história). A intenção é que o debate não fique só em São Francisco, por isso vamos ter nomes de peso e outros que, se não são ainda conhecidos, podem vir a ser.”

Perfil. Mineiro de Cataguases, Ruffato foi pipoqueiro, caixeiro de botequim, balconista, operário-têxtil, jornalista. Foi, acima de tudo, um observador. Prestes a completar 54 anos (em fevereiro), Ruffato é, principalmente, um questionador.

Ao longo da carreira literária, falou do passado escravagista, da violência, da população carcerária e da homofobia. Em linhas gerais, sempre pontuou as desigualdades sociais. Tudo isso dentro do espaço poético, no qual reúne realidade e ficção como poucos.

“O tempo das escolas, de estética, enfim, isso passou. Hoje, a grande característica de nossa literatura é a língua. É literatura brasileira porque é feita em português.”

No Festival da Mantiqueira, portanto, espaço para todos os tipos de expressão literária – da poesia ao romance, da ficção à biografia. E, também, com foco na questão do gênero. “Entre os nossos convidados, serão 50% homens e 50% mulheres. Essa desigualdade me incomoda muito. Temos escritoras maravilhosas no país.”

Festival. Assim como no ano passado, o festival de 2015 contará com um ‘esquenta’ em São Paulo, abrindo a festa. Toda a programação será gratuita.
“Acho importante colocar que o Festival da Mantiqueira é o mais charmoso do Brasil. É um festival pequeno, numa cidade acolhedora, tudo em um espaço pequeno. É uma mesa apenas por vez, tudo para o público desfrutar bem”, colocou Ruffato ao final da entrevista, em tom convidativo. “É o lugar onde todos estão juntos, autores e público.”
Na sequência, confrontado com linhas de raciocínio que minimizam os festivais literários, foi categórico: “é um saco discutir isso. Festivais vendem livros, pagam os autores e os colocam em contato com o público. Ninguém discute os congressos de medicina, organizados sob os interesses da indústria farmacêutica. Meu sonho é que tenhamos um festival de literatura por dia no Brasil”.

Saiba Mais sobre o Luiz

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s