Sófocles

Roteiros – Cultura – Dramaturgo do Dia

Nascimento: 496 a.C. (Hipeios Colonus, Grécia) – Morte: 406 a.C. (Atenas, Grécia)

Estilo e gênero: Foi um dramaturgo de textos ousados, compactos e contidos (se comparados com os de Ésquilo). Usava o contraste de personagens, temas e climas e empregava a ironia com grande habilidade.

“Sófocles pintava os homens como deveriam ser. Eurípedes, como eram.” (Aristóteles)

Principais Obras:

Peças: Antígona, 442 a.C. – Édipo Rei, 420 a.C. – Electra, 410 a.C.  

Comentário: Escreveu 123 peças. As sete tragédias remanescentes exploram a grandeza e o sofrimento de seres humanos excepcionais, com habilidades quase divinas. Aristóteles elogiava seu domínio do ritmo e da tensão dramática. Em “Aias”, um feroz senso de honra e de vergonha não permite que reste ao mais poderoso guerreiro grego outra opção além do suicídio. Édipo Rei dramatiza como a própria Inteligência que outorga poder ao monarca conduz sua busca implacável pela verdade. Esses dilemas trágicos podem ser compreendidos em termos políticos mais amplos como confronto entre os valores de um passado homérico, que privilegiava o indivíduo, e os contemporâneos, da democracia ateniense, que servia aos interesses da comunidade. A opção livre e autônoma do sofrimento em vez da aceitação das limitações humanas, dota os heróis de Sófocles de assombro e poder num  mundo onde o passado não lega qualquer conhecimento, o futuro não reserva esperanças e o presente traz apenas padecimento.

Trecho: “Coro: Ai, gerações de mortais! A sua vida tenho eu na conta de nada! pois quem, entre os homens, tem um tanto de felicidade mais do que a fama de feliz – Um parecer, que desparece? Teu exemplo se considero, tua sina, Édipo, ó desditoso! Mortal nenhum digo ter dita, nunca mais.”

Fonte: “501 Grandes Escritores” – Julian Patrick – Editora Sextante – 2009.

Leia sobre outros escritores (dramaturgos e roteiristas) importantes

Anúncios

2 respostas para Sófocles

  1. Cristina disse:

    123 peças ! Isso é que é produtividade !
    E até hoje contunua sendo relevante … ou mais … fundamental para o teatro.

  2. É Cris, e se tivesse escrito só Édipo Rei já teria sido o bastante pra se tornar imortal.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s