Uma crônica de Fernando Sabino

A Falta que Ela me Faz
Fernando Sabino  

A Arte da Crônica: Como bom patrão, resolvi, num momento de insensatez, dar um mês de férias à empregada. No princípio achei até bom ficar completamente sozinho dentro da casa o dia inteiro. Podia andar para lá e para cá sem encontrar ninguém varrendo o chão ou espanando os móveis, sair do banheiro apenas de chinelos, trocar de roupa com a porta aberta, falar sozinho sem passar por maluco.

Leia íntegra da crônica comentada

Anúncios
Esse post foi publicado em Sem categoria. Bookmark o link permanente.

2 respostas para Uma crônica de Fernando Sabino

  1. thierlis disse:

    Gostei da cronica estou trabalhando na aula de portugues e espero que cronica me ajude

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s