Em “Cabeça a Prêmio”, Marco Ricca filma tragédia em confins sem lei do Brasil

“À primeira vista “Cabeça a Prêmio”, de Marco Ricca, remete a “Os Matadores”, longa de estreia de Beto Brant. Ambos se baseiam em livros de Marçal Aquino e tratam de pistoleiros de aluguel nos confins sem lei do Brasil. As semelhanças terminam aí. Em certo sentido, são filmes opostos. Se em “Os Matadores”, apesar dos flashbacks, tudo conflui para uma tensa situação presente, em “Cabeça a Prêmio” o andamento é quase de dispersão, acompanhando o deslocamento geográfico dos personagens. No filme de Brant, o movimento é centrípeto; no de Ricca, centrífugo.”

Fonte: Folha.uol.com.br – 24/08/2010 – José Geraldo Couto

Leia mais

 

Anúncios
Esse post foi publicado em Sem categoria. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s